quarta-feira, 30 de novembro de 2016

AS PÉROLAS DO PORCO CRESPO (1)



Apresento-vos aqui ao vivo e em exclusivo a descoberta de uma enferemidade quem nem a comunidade científica imaginou sequer ser possível existir: o síndroma de desabituação de PIÇA. Depois de algumas horas (minutos?) sem um FALO masculino pela BUFA acima, ou um enchido com as medidas oficiais que o substitua (os enchidos são a metadona dos viciados em PIÇA, caso deste menino), a bicha começa a ressacar, e em menos de nada, a delirar.
(…)
Pois, pois, o primeiro "é mais ofensivo", porquê? Como o próprio diria, "porque aquela parva ficou com o preto só para ela e eu aqui a assobiar com as correntes de ar que me passam pela gruta, ai estúpida, não é justo!". Está explicado. Depois começa com um discurso algo enigmático sobre a "emasculação do nativo em relação ao alógeno", o que provavelmente será um "flashback" até ao dia em que viu um moreno avantajado, pôs-se de quatro quase que mecanicamente, levado pelo instinto, e no fim mudou de nome para Maria Afonsina Souto Datua Metelo Peloregassima Filho.


(1) Selecção dos melhores trabalhos literários publicados no blogue “Bairro do Oriente”, da autoria de Luís Crespo a.k.a. “Leocardo”, colunista do jornal diário Hoje Macau, dirigido pelo jornalista Carlos Morais José e “opinon-maker” do boletim da Associação dos Macaense, presidida pelo advogado Miguel de Senna Fernandes.
Enviar um comentário